10 novembro 2008

Lei do Estágio continua fazendo vítimas

Conhecido clube de futebol da cidade passa informação para todos os pais que têm filhos nas suas escolinhas de futebol: a partir desta semana, em virtude da implantação da Lei do Estágio, o atendimento nas secretarias passa a ser feito pelos próprios professores no horário dos intervalos das aulas. 
Se já é difícil conseguir o primeiro emprego, o estágio, que era uma porta de entrada para muitos agora está fechada e cadeada. De quem foi a brilhante idéia? 

Um comentário:

Edilene G. C. disse...

Não tenho idéia sobre de quem foi a idéia...mas existem dois lados nessa moeda. Por experiência: no banco, o trabalho "pesado" é feito por estagiários que sonhavam poder exercitar seus conhecimentos de administração, economia, informática, etc...e acabam carregando malotes, distribuindo correspondência, faxinando almoxarifados... Por outro lado, o sindicato condena a contratação de estagiários, porque representam mão de obra barata que substitui a contratação de funcis efetivos. Acho que na verdade tem mais um lado: nesse caso, o estagiário conhece os meandros da instituição e geralmente decide jamais trabalhar em banco!